Notícias da paróquia › 01/05/2014

Programação da Festa de Santa Rita

santa-ritaA memória de Santa Rita de Cássia, conhecida como santa das causas impossíveis, é celebrada no dia 22 de maio. Na mesma data, as duas paróquias da Arquidiocese de Campinas que têm a santa como padroeira comemoram, também, Jubileu de Ouro. Confira, abaixo, a programação das festividades nas Paróquias e na Comunidade Santa Rita de Cássia, bem como a programação dos Jubileus:

Os festejos da Paróquia Santa Rita de Cássia, em Campinas, começam no próximo dia dia 13, com a novena. No dia da padroeira, as missas ocorrem de duas em duas horas, a partir das 7h00. Dom Airton José dos Santos, Arcebispo Metropolitano de Campinas, preside a última missa do dia, às 19h00, com a participação do Coro da Arquidiocese de Campinas.

Confira a programação completa.

De 13 a 22 de maio
Novena durante as Missas das 08h15 e 18h30.

Dia 14, quarta-feira
18h30 – Missa e Novena.
19h30 – Entrega da Moeda do Jubileu a 50 benfeitores e apresentação do Recital com Niza Castro Tank, João Gabriel Bertolini e Francisco Costa (Chiquinho) ao Piano.

Dia 15, quinta-feira
18h30 – Missa e Novena.
19h30 – Entrega da Moeda do Jubileu a 50 benfeitores e apresentação do Quinteto de Cordas com integrantes da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.

Dia 16, sexta-feira
18h30 – Missa e Novena.
19h30 – Sessão Solene da Câmara Municipal de Campinas para entrega do Diploma de Honra ao Mérito à Paróquia.
20h40 – Entrega da Moeda do Jubileu de Ouro a 50 benfeitores/homenageados com apresentação do Coral Del Chiaro.

Dia 17, sábado
Missa e Novena às 08h15, 12h15 e 16h30.

Dia 18, domingo
18h00 – Missa presidida pelo Monsenhor Fernando de Godoy Moreira, seguida de benção e Inauguração do Mosaico na fachada do prédio.
*As demais missas seguirão o horário normal, e em todas elas se dará o pré-lançamento do Livro do Jubileu de Ouro da Paróquia.

Dia 19, segunda-feira
18h30 – Missa e Tríduo presididos pelo Padre José Arlindo De Nadai.
19h30 – Entrega da Moeda do Jubileu de Ouro a 50 benfeitores/homenageados.

Dia 20, terça-feira
18h30 – Missa e Tríduo presididos pelo Cônego Álvaro Augusto Ambiel.
19h30 – Entrega da Moeda do Jubileu de Ouro a 50 benfeitores/homenageados com apresentação do Gran Ballet da Arquidiocese de Campinas.

Dia 21, quarta-feira
18h30 – Missa e Tríduo presididos pelo Padre Rodrigo Catini Flaibam.
19h30 – Entrega da Moeda do Jubileu de Ouro a 50 benfeitores/homenageados.

Dia 22, quinta-feira
Em todas as missas haverá distribuição gratuita de rosas.

7h00 – Missa presidida pelo Padre Wilson Eneas Maximiano, Vigário Forâneo da Forania Sant’Ana, com a participação do Coral Santa Rita de Cássia.

9h00 -Missa presidida pelo Monsenhor Fernando de Godoy Moreira, com a participação do Coral do Centro Assistencial Cândida Penteado de Queiróz Martins, Cultura e Arte na Comunidade (CEAC).

11h00 – Missa presidida por Dom Gilberto Pereira Lopes, Arcebispo Emérito de Campinas, com a participação do Coral Del Chiaro.

13h00 – Missa presidida pelo Cônego José Júlio, com a participação do Coral Santa Rita de Cássia.

15h00 – Missa presidida pelo Padre Carlos José Nascimento, com a participação do Coral Cantate Domino.

17h00 – Missa presidida pelo Padre Rodrigo Catini Flaibam, Vigário Paroquial, com a participação do Coral Coral Santa Rita de Cássia.

19h00 – Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Campinas com Dedicação do Templo e Consagração do Altar, com a participação do Coro da Arquidiocese de Campinas sob a regência de Clayton Dias.

A Paróquia Santa Rita de Cássia de Campinas se localiza na Avenida Dr. Jesuíno Marcondes Machado, 670, Nova Campinas. Mais informações pelo telefone (19) 3252.2261.

A Santa
Santa Rita nasceu em 1381 na Itália, em Cássia. A Santa queria se consagrar à vida religiosa, mas para satisfazer os pais, casou e teve filhos. Seu marido foi assassinado e seus herdeiros queriam vingar a morte do pai e, para que isso não ocorresse, Santa Rita suplicou a Deus que levasse os filhos antes que eles cometessem um grave pecado e teve seu desejo atendido.

Após ficar viúva, realizou seu desejo e tornou-se freira. Depois de dedicar 40 anos de sua vida às questões religiosas, morreu aos 78 anos de idade, no Convento das Agostinianas, em Cássia, no dia 22 de maio de 1457.

O culto à bem aventurada logo se estendeu por outros países por causa dos milagres obtidos por sua intercessão em casos impossíveis. Foi beatificada em 1627, e canonizada em 1900 sob o pontificado de Leão XIII.

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *