Creches e CEAC

Creche Santa Rita de Cássia e CEAC – Cultura e Arte na Comunidade

Fundados em 22 de Novembro de 1979, a Creche Santa Rita de Cássia que fica na Rua Helena Steinberg, 1411, no bairro Nova Campinas, atende hoje cerca de 150 crianças de 04 meses a 6 anos, principalmente da Vila Brandina, Jardim São Francisco e Jardim Paranapanema, bairros de Campinas-SP.

O Centro Assistencial “Cândida Penteado de Queiroz Martins”, fundado no dia 22 de novembro de 1979, é uma associação com fins não econômicos que tem por finalidade prestar gratuitamente assistência às crianças e adolescentes sem recursos, moradoras dos bairros Vila Brandina, Jd. São Fernando e Jd. Paranapanema.
Desde a sua fundação, atende famílias de baixa renda que procuravam a Igreja Santa Rita de Cássia, situada na região de Nova Campinas, solicitando alimentos, roupas e remédios. Para complementar esse atendimento foi implantado, gradativamente, serviços médico, odontológico, farmacêutico e laboratorial, bem como cursos de corte e costura e artesanato, ministrados por voluntárias ligadas à igreja objetivando a criação de formas alternativas de renda para as mulheres envolvidas neste trabalho.

Em geral, as mulheres que participavam dos grupos de artesanato eram moradoras da Favela da Vila Brandina e traziam seus filhos nos dias de atividades. A partir daí percebeu-se a necessidade de criar um local onde as mães pudessem deixar seus filhos para trabalhar e freqüentar os cursos oferecidos. Sendo assim, o prédio do Centro Assistencial Cândida Penteado de Queiroz Martins foi reformado para que nele pudessem ser atendidas 60 crianças em regime de creche e em período integral. Nesse momento, surge a Creche Santa Rita de Cássia como um “departamento” do Centro Assistencial objetivando dar continuidade ao atendimento prestado pela Creche Ilce da Cunha Henry que já atendia crianças de 04 (quatro) meses a 03 (três) anos e 11 (onze) meses de idade.

Em 1998 houve a fusão das duas creches com o propósito de ampliar a capacidade de atendimento. Atualmente, as duas creches passaram a atender – juntas – 154 crianças. Nesse contexto, desenvolvem um trabalho sócio-pedagógico integrado, ou seja, contam com uma única Diretoria voluntária, com a mesma equipe técnica e administrativa, com apenas uma cozinha e uma lavanderia, embora legalmente sejam duas creches constituídas, mas que na prática, funcionam como uma única Entidade.

Em fevereiro de 2009, o Centro Assistencial ampliou o foco de atendimento, a fim de contemplar a elaboração e execução de um projeto sócio-cultural voltado a crianças e adolescentes, na faixa etária de 6 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social. O Projeto CEAC – “Cultura e Arte na Comunidade” teve início, propiciando um espaço sócio-cultural de aprendizado, vivência, prática e multiplicação da cidadania, através de oficinas gratuitas de violão, percussão, dança (sapateado, hip hop e ballet), teatro e capoeira, desenvolvidas por profissionais graduados, além de uma Biblioteca e uma Brinquedoteca, possibilitando o acesso à educação, cultura e lazer de todos os participantes.

Para mais informações, visite o site:

Imprimir