Artigos › 10/07/2020

Como manter a paz quando sua oração fica sem resposta

tea-lights-2611196-640-1

Há um velho ditado que diz que Deus responde a todas as orações de três maneiras: “sim”, “não” ou “ainda não”. Quase todas as pessoas de fé já sentiram a frustração de ter uma oração sem resposta. Quando você implora a Deus por uma intenção e parece não ter sido ouvido, pode ser tentador imaginar que Deus não se importa com você ou não está te ouvindo.

Contudo, Nosso Senhor nos assegura na Sagrada Escritura: “Pedi e recebereis”. Então, o que acontece quando uma oração parece não ter resposta?

Lembre-se do propósito da oração: rezamos não para conseguir o que queremos, mas para nos aproximarmos de Deus. A oração não existe para forçar a vontade de Deus aos nossos desejos humanos, ainda que Nosso Pai Celestial queira nos dar todas as coisas boas que são certas para nós. Mas, sim, a oração nos proporciona uma união mais íntima com Deus.

O Padre Paul Scalia explica por que algumas orações parecem ficar sem resposta:

“Buscamos e pedimos muitas coisas em oração. Batemos na porta do céu com vários pedidos. Mas as palavras de Nosso Senhor indicam que o fim último de nossas petições não é isso ou aquilo, mas algo maior: o próprio Espírito.

Nosso Pai sempre responde nossas orações (sim ou não) com o objetivo de nos conceder ou aumentar o dom de Seu Espírito. Podemos ter a intenção de orar apenas por essa ou aquela situação. Mas ele quer muito mais. Ele não deseja que recebamos o que achamos que precisamos aqui e agora, mas que cresçamos em união com Ele.

Quer percebamos ou não, nossa oração é sempre direcionada a esse aumento do Espírito, o Espírito de Filiação, que ora de dentro de nós e nos permite gritar, Abba! Pai!”

A oração não muda Deus ou Sua vontade; mas nos muda. Na oração, podemos refletir sobre se a coisa pela qual estamos orando nos aproximará ou não de Deus.

Acreditar que a vontade de Deus para nós será ainda melhor do que o que queremos exige confiança em Sua bondade paterna, mas é o segredo de ter paz quando nossas orações parecem não ouvidas:

“Uma criança confiante repousa no conhecimento de que a vontade de seu pai é supremamente boa. Se uma oração ficou “sem resposta”, é porque seu Pai sabe melhor e tem um bem maior em mente.”

Portanto, se nosso desejo não estiver de acordo com a vontade de Deus, é porque ele não vale a pena (embora possa ser tão difícil de ouvir e acreditar!). No entanto, ao nos unirmos à vontade de Deus, mesmo que não seja o que escolheríamos para nós mesmos, encontramos “a paz de Deus, que excede toda inteligência” (Filipenses 4, 7).

Via Aleteia

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *