Notícias da paróquia › 04/05/2014

50 anos de fé e trabalho pastoral

0405ba___monsenhor1-2134408Os católicos de Campinas festejam este mês o cinquentenário da Paróquia de Santa Rita de Cássia. E quem passa pela Avenida Jesuíno Marcondes Machado nota que os preparativos para a festa estão a todo vapor. O belo templo está em reforma. As paredes são pintadas e, no alto da fachada, ganha forma um grande mosaico com a imagem da padroeira. Do lado de dentro, foram colocadas 12 cruzes ornamentais simbolizando a consagração do templo.

O espaço ganhará, ainda, o reconhecimento da Santa Sé, uma bênção especial. A cerimônia será presidida pelo arcebispo metropolitano de Campinas, Dom Airton José dos Santos, às 19h do dia 22 de maio, aniversário da paróquia e dia da padroeira. Para as sete missas agendadas para a data são esperados nada menos do que 20 mil fiéis. Eles receberão botões de rosa e frascos com água benta.

Ninguém está mais feliz do que o monsenhor Fernando de Godoy Moreira que, do pedestal de seus 82 anos de idade – 55 deles dedicados ao sacerdócio –, orgulha-se em contar que a paróquia foi construída e é mantida até hoje por católicos do bairro. Atualmente, 300 dizimistas ajudam a financiar o trabalho pastoral realizado na cidade.

A Santa Rita mantém creches há mais de três décadas e concentra investimentos sociais na Vila Brandina, um dos trechos mais carentes de sua área de abrangência. Por lá, os católicos ergueram um novo templo em louvor a São Francisco e os moradores mais necessitados recebem roupas, cobertores e alimentos. A assistência também chega a centenas de crianças que, diariamente, participam das atividades do Projeto Cultura e Arte na Comunidade (Ceac).

A cada final de semana, as missas na igreja do Nova Campinas reúnem cerca de quatro mil fiéis de vários bairros ao redor. O mais interessante, no entanto, é ver que gente em situação econômica confortável se oferece para trabalhar de forma voluntária pelos mais carentes. “Os fiéis participam ativamente dos projetos da paróquia”, comemora o monsenhor.

1_0405ba___obras2-2134425Tesouro artístico
A igreja de Santa Rita de Cássia começou a ser construída em 1957. O primeiro pároco e idealizador da construção foi Francisco de Assis Marques de Almeida, o padre Chiquinho, que morreu em 2000. A porta principal é decorada com imagens em relevo de São Mateus e São Judas Tadeu, e quem olha para o alto fica impressionado com a imponente cúpula metálica, a 27 metros do chão.

Em 2006, o imóvel passou por uma megarreforma, financiada por empresários, políticos e líderes comunitários. Hoje, as finanças da paróquia contam, também, com recursos oriundos da administração dos cemitérios Aleias e Flamboyant. A própria secretaria se transforma em um bazar que vende velas, livros, imagens sacras e livros. E assim a Santa Rita se mantém forte, com o trabalho de todo mundo, para comemorar muitas outras bodas.

SAIBA MAIS
Pessoas interessadas em conhecer a Paróquia de Santa Rita de Cássia e que queiram marcar uma conversa com o monsenhor Fernando podem comparecer à igreja, na Avenida Jesuíno Marcondes Machado, 670, Nova Campinas. O telefone é (19) 3255-2317 e o e-mail, paroquiasantaritacps@gmail.com. A cerimônia para inauguração do mosaico na fachada acontece dia 18 de maio, às 18h. No Dia de Santa Rita (22 de maio) haverá missas às 7h, 9h, 11h, 13h, 15h, 17h e 19h. Na última delas, celebrada pelo arcebispo, acontecerá a consagração do templo.

Por Rogério Verzignasse metropole.rac.com.br

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *